FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS

FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS
Please report broken links
リンク切れを報告してください。

última atualização 20/06/2016

sábado, 29 de dezembro de 2007

Dia 27 de dezembro...

Passava da meia-noite, eu estava a caminho de casa e entrei na praça “da luxúria” [o meu velho lugar de pegação]. Imediatamente percebi o movimento de pessoas na escuridão das árvores e de carros que passeavam lentamente com os faróis altos. Em princípio, nada me chamou a atenção, por isso percorri todo o perímetro da praça e me sentei em um dos bancos que havia à sombra de uma árvore de tronco bifurcado; de quando em quando as luzes dos carros refletiam nas laterais das lentes dos meus óculos. Mais tarde, um rapaz de fala mole veio puxar assunto, eu tentei ser gentil, mas respondia às suas investidas com monossílabos, quando me dei conta de que ele não iria embora, levantei-me e saí em uma nova ronda.
Na parte alta da praça, onde eu estava, percebi a silhueta de duas pessoas em posição comprometedora, continuei observando e notei a chegada de um terceiro indivíduo que foi “aceito” por eles prontamente. Conclui, então, que não haveria problemas se um quarto ou quinto indivíduos quisessem entrar no grupo e desci. Fui aceito sem restrições.
o Keanu Reeves original...
...e a minha visão
Além de mim, o grupo era formado por três homens: um deles era baixo, magro e tinha um pau comprido de espessura mediana; o outro era mais alto que o primeiro, não era magro e tinha o pau bem mais grosso. Ambos estavam sendo chupados pelo terceiro rapaz, que estava com as calças arreadas, deixando a mostra um traseiro liso e redondo. Enquanto eu me masturbava, sentia inveja e admiração por aquele rabo perfeito. Meti-lhe logo dois dedos e continuei me masturbando, foi quando senti se aproximar um quinto indivíduo. Ele parou ao meu lado, logo atrás do moço que se ocupava em chupar avidamente as duas rolas que tinha a seu dispor. Prestando atenção nesse homem ao meu lado, sem tirar os dedos do cú do outro, imaginei reconhecê-lo de algum lugar. Este quinto indivíduo era como uma visão: moreno, alto, muito forte, vestia jeans e camiseta branca colada aos músculos do peito e abdômen. O cabelo era curto, arrepiado; os olhos, puxados.
Lembrei quem era! Um rapaz com quem eu sempre fantasiei na adolescência. Era o meu clone particular do Keanu Reeves. Naquela época eu sempre o via no ônibus usando uniforme de escola. Ele era magro e alto, os olhos puxados e o cabelo comprido. Quando eu terminei o high school deixei de vê-lo todos os dias, às vezes, andando pelo bairro, eu dava de cara com ele, mas muito esporadicamente, então nunca mais o vi. Há alguns anos, entretanto, voltando pra casa de ônibus, avistei um homem muito forte entrando na casa onde morava o meu Keanu Reeves. Cruzei com este homem mais algumas vezes e tive certeza de que se tratava da mesma pessoa. Acho que ao se tornar adulto, aquele rapaz magro e alto decidiu adotar alguma doutrina halterofilista para mudar suas formas físicas. O resultado não poderia ter sido melhor: ele se tornou um gato gostoso e sarado; do Keanu Reeves só restavam os olhos puxados.
Por quanto tempo desejei ser uma garota, uma mulher, para poder saborear daquela delícia... de repente, ele aparece diante dos meus olhos, naquela praça cheia de homens fazendo sexo com outros homens, abrindo o zíper da calça e mostrando sua intenção de participar da mesma orgia em que eu estava... Gozei... gozei apenas me masturbando, gozei com dois dedos enfiados no rabo perfeito de uma bicha gulosa, gozei imaginando o que aconteceria se eu estivesse no lugar daquela bicha, gozei imaginando loucuras entre mim e meu Keanu Reeves anabolizado.
Tirei os dedos daquele rabo invejável, fechei minhas calças e voltei pra casa sem olhar pra trás. Agora sei que nem todo sonho impossível é realmente impossível...
O que estarão fazendo, hoje, aqueles gatos maravilhosos que jogavam vôlei, aos domingos, em frente a minha casa? Todos peludos e sem camisa, suados, estapeando a bola de um lado para o outro. Quando os verei na praça? E o Keanu? Quando poderei confrontá-lo? Terei coragem?...
Independente do que me reserve o futuro, ESTOU FELIZ!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Feliz Natal... presente nº 1

Olá, senhores leitores. Antes de qualquer outra coisa, eu preciso agradecer a freqüência de todos aqui neste blog. Eu percebo pelo contador de visitas que o seu número de acessos não se mantém estático, mesmo aumentando um pouco de cada vez, a “fidelidade” dos leitores é visível. Muito obrigado!
Eu preciso agradecer pelas suas visitas porque, eu mesmo, quase não venho aqui. Nos últimos meses não houve muitas oportunidades favoráveis para que eu me dedicasse a este blog como sempre fiz. Aqui em casa está uma bagunça enorme, meu pai está fazendo várias reformas por conta própria [imaginem um advogado metido a carpinteiro, eletricista e pintor...], ele é meticuloso e perfeccionista, mas é inexperiente e desorganizado, e quem mais sofre com esta equação é minha mãe. Eu, para provocá-la, recito os votos matrimoniais “na alegria e na tristeza, na limpeza e na sujeira”... Tenho certeza que o resultado final desse trabalho será satisfatório mas, enquanto isso não acontece, nós exercitaremos a paciência!

Ainda estou sem conexão com a internet em casa e tenho um problema muito peculiar ao utilizar lan houses para atualizar o blog: os computadores não têm entradas para disquete ou CD-ROM, todo acesso a esses dispositivos é centralizado na matriz da rede, com uso exclusivo do gerente ou dono da loja; a partir da matriz, os arquivos dos clientes são transferidos para os outros computadores da rede. Eu acho isso particularmente incômodo e por este motivo estou demorando tanto para atualizar este blog com material erótico.
Mas consegui burlar estes problemas burocráticos e preparei uma coletânea especial de fim de ano.

FELIZ NATAL! Que todos os seus desejos se realizem no próximo ano!






BOM GAROTO, de TAGAME

[-25-] [-26-] [-27-] [-28-] [-29-] [-30-] [-31-] [-32-] [-33-] [-34-] [-35-] [-36-]
[+ parte 1] - [+ parte 2]

Presente nº 2

CONTOS EGEUS, de IAN HANKS
[-5-] [-6-] [-7-] [-8-]
[+ parte 1]