FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS

FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS
Please report broken links
リンク切れを報告してください。

última atualização 20/06/2016

sábado, 27 de maio de 2006

[A]normalidades... Josman-2

São Paulo, aparentemente, voltou ao “normal” e eu acho que daqui algum tempo, se o Ministério Público e os outros órgãos defensores dos direitos dos humanos fora da lei pararem com o exibicionismo, todo esse assunto estará sendo cozido em forno à lenha e regado com bom azeite. Só mesmo com azeite de oliva pra essa pizza descer! Agora, em declarações do ex-secretário de Administração Penitenciária, Nagashi Furokawa [que pediu demissão do cargo por “incompatibilidade de gênios”] ele afirma que houve, sim, um “diálogo” entre o poder público e a cúpula do PCC. Isso contradiz as palavras do governador do Estado, Cláudio “Ramsés” Lembo, que sempre negou qualquer resposta às exigências dos presos. Pra piorar, os agentes penitenciários estão em greve... Mais azeite?




Quem reclama que não tem nada pra ver na TV não está procurando direito. E não estou falando de TV a cabo, não; estou falando da TV aberta. Ontem, antes de dormir, eu assisti ao SACA ROLHA, na Rede 21 canal UHF. Este programa é um talk show comandado por um grupo inusitado de apresentadores: Marcelo Tas, Lobão e Mariana Weickert. Até aqui, tudo bem, mas por que isso mereceria entrar neste post? Simples. É que, ontem, a convidada foi ninguém menos que ROGÉRIA. E a pauta envolveu identidade sexual, homossexualidade e as experiências de vida da convidada. Foi bárbaro! Pena que o programa tem duração de apenas 30 minutinhos contados... \’(

Por falar em TV eu gostaria de fazer um apelo. Que se disponibilizem na net fotos dos atores gostosões e que, nem sempre, são globais. Faz tempo que eu quero propor uma enquete sobre qual é o ator mais gostosão do núcleo policial da novela Prova de Amor [TV Record] e, por incrível que pareça, eu não acho fotos decentes pra ilustrar... que droga!
De qualquer forma aqui vão os nomes, se alguém quiser me ajudar...
os mocinhos: Jorge Pontual [inspetor Júlio], Rafael Zulu [Bira] e Daniel “Dani” Andrade [inspetor Chicão].
os bandidos: André Segatti [Gerião], Sérgio Abreu [Murilo] e Leonardo Vieira [Lopo Jr.], único deles que tem boas fotos na rede.


É ISSO... DEPOIS DE TANTA BALELA O QUE TODOS ESTAVAM ESPERANDO. ESPECIALMENTE PRO MEU QUERIDO PORTUGA, JOÃO ALFACINHA: A SEGUNDA E ÚLTIMA PARTE DA SÉRIE DO JOSMAN, OS BRINQUEDINHOS DO PAPAI. [+ parte 1]
[-6-] [-7-] [-8-] [-9-] [-10-]

quarta-feira, 24 de maio de 2006

Beijinhos

A internet é mesmo uma grande corrente, você[s] não acham? Basta alguém te mandar um e-mail interessante [e, em seguida, você encaminhá-lo] que aparece uma enxurrada com os mesmos e-mails na sua caixa de entrada, por dias seguidos. Como brasileiro é um bicho muito supersticioso e crédulo [e, porque não dizer, preguiçoso] não costuma quebrar “correntes” e encaminha os e-mails que recebe a toda sua lista de contatos, indiscriminadamente [mesmo a quem os enviou, em primeiro lugar]. Assim sendo, não é raro que eu acabe vencido pelo cansaço e salve um ou outro arquivinho mais fofo, afinal, ele poderá servir em uma outra ocasião. Por isso eu estou publicando estes cachorrinhos...
É pra todos que estão precisando de um carinho sincero! Beijinhos... ;]

Les Ombres: Threesome X 3

OLHA SÓ O QUE APARECEU NO BLOG DO JN - O LES OMBRES: ENTRE UMA GRAVAÇÃO E OUTRA DA NOVELA PROVA DE AMOR, LEONARDO VIEIRA CURTE A PRAIA E TIRA FOTOS NO CELULAR ACOMPANHADO DE DOIS “AMIGUINHOS”. ELE TALVEZ NÃO CONTASSE QUE ESTAS FOTOS ACABARIAM PUBLICADAS NO FLICKR... TÁ ÓOOOTIMO!

sábado, 20 de maio de 2006

Cobertores bulletproof

Mercado Mundo Mix, frenteMMM, verso

Neste fim de semana, vai acontecer aqui em São Paulo a segunda edição da Virada Cultural, projeto [+] da Prefeitura que oferece opções de entretenimento gratuito à população da cidade. Teatro, exposições, música... tudo isso em, mais ou menos, 24 horas ininterruptas. O metrô e os ônibus funcionarão durante a madrugada e, com certeza, foi planejado algum mega esquema de segurança, por causa dos problemas com o crime organizado que o Estado vem sofrendo nestes dias.
Confesso que a mim só interessa conferir o Mercado Mundo Mix [+]. Ano passado estava ótimo, mas fiquei triste por este espaço não ter voltado a ser mensal. Trocando e-mails com o Beto Lago, idealizador deste evento, soube que havia intenção de torná-lo efetivo; mas acho que não deu certo por falta de infra-estrutura [logo em São Paulo, chega a ser irônico!] Eu tenho muito boas recordações de outras visitas que eu fiz com a minha turma ao Mundo Mix e vou lá bater cartão, antes da balada!
Só espero que o Mundo Mix, as baladas e a própria Virada Cultural não sofram com a evasão do público. Do jeito que está esfriando [e sem a certeza de não tomar uma bala perdida] o povo vai preferir passar a noite debaixo das cobertas.




Para fechar este post, eu preparei uma coletânea com imagens do meu artista número 1, JULIUS... em homenagem ao meu querido Onanite. “CHUPANDO SORVETES 9 INCH”

Primeiro, eu! Em dobro! Mamadeira noturna Não fale de boca cheia! Perdeu alguma coisa aí? Descubra a quem pertence

quinta-feira, 18 de maio de 2006

Tutto bene, PCC!

Dia Mundial Contra Homofobia, e daí? Quem soube disso? A quem isso interessa? Quais são os benefícios reais que esse dia trará aos GLBTs? Pode parecer que eu estou dando uma de advogado do diabo, mas é que eu fico imaginando que a luta pela aplicação dos direitos humanos e da democracia no mundo é tão difícil, existem tantos lugares onde os papais e mamães não têm sequer comida para dar aos filhos ou condições de trabalhar, liberdade de exercer suas crenças ou direito de organizar suas nações com autonomia...
Enfim, posso estar sendo cético e até faço o meu minuto de silêncio por tod@s @s GLBTs assassinad@s, mas duvido que sirva para algo além de apaziguar o vazio, medo e revolta que eu sinta, agora, e que tão cedo não deixará de reincidir...
Artigo no G Online
– Artigo no GLS Planet

Leia a frase do diaFoi batido o martelo! A 10ª Parada do Orgulho GLBT da cidade de São Paulo vai ser mesmo no sábado, 17 de junho. Lendo o artigo [+] do
G Online eu fiquei sabendo que a Associação da Parada participou de reuniões com órgãos municipais e só conseguiu a “autorização” definitiva porque assinou um
contrato [+] que impunha uma série de condições e restrições para a realização do evento na Avenida Paulista. De acordo com esse contrato, o chamado Termo de Ajuste de Conduta (TAC), a Parada de São Paulo deste ano será a última realizada na Av. Paulista. Com certeza eu vou, mas é uma pena saber que a partir do ano que vem o local da maior Parada GLBT do mundo mudará de endereço.

– X-Men 3 está chegando e há quem enxergue um “subtexto”
Qual é o mapa da mina para o pink money brasileiro?
– Então futebol significa um desfile de homens lindos, atléticos e suados?... se for isso, aqui também tem
Apelidos Carinhosos
Bill biba
Biba bichona
Mona mona
Maricona!
É tudo viado!
(Dimmy Kieer)

Deixe[m] a sua opinião
no
blog [+] do
G Online ou só
passe[m] lá para ler
o quê pensam @s noss@s
outr@s coleg@s


Por mim, pode me chamar do que quiser! Eu só não atendo a psiu! nem a assovios porque não sou cachorro, de resto...


E, enquanto isso, veremos se São Paulo ou o Brasil irão render-se aos grupos criminosos, que são sim organizados, pois têm delegados comprados, juízes comprados, políticos comprados... De que adiantarão 365 dias de luta contra a homofobia se ninguém puder caminhar, ir ou vir em segurança nos lugares onde habita?

domingo, 14 de maio de 2006

A volta dos que não foram... Osze-2

É minha gente, eu andei afastado, mas é porque eu estive muito estressado e ocupado, e até, desinteressado... Mas basta virem dias comemorativos pra renovar o oxigênio e dar um up no humor. Ontem, dia 13/05, foi o aniversário do meu sobrinho mais velho. Completou 7 anos, está lindo [mesmo sem os dois dentes da frente]. É um menino inteligente, educado e amoroso... e não é mimado, não; tem um casal de irmãos caçulas, meus outros bijus... Sim, eu sou superultra-totalmente coruja e posso dispensar uma balada se eu souber que eles vêm na minha casa [a casa d’avó] passar o dia... E este fim de semana foi especialmente especial. Num dia, o aniversário do Felipe; no outro, o Dia das Mães... Ainda bem que nesta família não temos tendência natural para engordar, senão seríamos todos muito acima do peso. E não digo só pelos quitutes, mas pelo chope.
Dá-lhe chope!... Viva o Dia das Mães!


OUTRA COISA QUE SERVIU PRA EU MELHORAR MEU HUMOR FOI UMA CARTA QUE EU RECEBI DA MINHA AMIGA PALUZZA. NÃO SEI SE JÁ DISSE AQUI, MAS ELA É MAIS UMA DAS ARTISTAS DA TURMA, SÓ QUE ANDOU DANDO UMAS CABEÇADAS PORAÍ E ACABOU SE MUDANDO PARA O INTERIOR DE GOIÁS PRA FAZER FACULDADE DE BIOLOGIA. ÓBVIO QUE PULAR DA ÁREA DE HUMANAS PARA A DE BIOLÓGICAS FOI MUITO BITOLANTE E ELA MEIO QUE DEIXOU DE LADO A ARTE. AGORA ELA ENCONTROU UM JEITO DE DESAMARRAR OS NÓS E ESTÁ LIBERANDO TUDO QUE ESTAVA GUARDADO NO SEU ATELIÊ IMAGINÁRIO. COM UM PROJETO LINDO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CRIANÇAS, ELA VAI UNIR O QUE APRENDE NA FACUL COM SEU DOM MAIS ÍNTIMO. EU PASSEI NO SCANNER O ENCARTE QUE ELA ME ENVIOU. VEJA[M].
Arte... ...e serviço... ...social!

Hoje, pra encerrar o post, entrego a parte 2 da série do OSZE,
CONTOS DE BUTTHOLE TOWN”. Se você[s] quiser[em] ver a parte 1,
clique[m] aqui [+]
[-9-] [-10-] [-11-] [-12-] [-13-] [-14-] [-15-] [-16-] [-17-]

quarta-feira, 3 de maio de 2006

Tripalium sangue suor

O trabalho, cuja origem etimológica designa um objeto de tortura, é forçosamente explorador. Desde o estabelecimento do capitalismo, este meio de produção busca formas de acumular o máximo de dinheiro com o mínimo de gastos; por não haverem muitas maneiras de fazê-lo no processo fabril acaba-se economizando através do suor de trabalhadores braçais. Quantas vezes, em meio a crises econômicas, as grandes empresas não recorreram à demissão em massa?
Além disso, nega-se aos operários seu direito de ter necessidades fisiológicas, como ir ao banheiro, comer ou dormir; e ainda existem os castigos físicos e abusos sexuais, abuso infantil e regimes de escravidão.
Tabuleiro da vida moderna
Ao mesmo tempo, nos últimos trinta anos surge, entre os “profissionais de carreira”, uma busca por valores mais espirituais e menos consumistas [paz de espírito, altruísmo, realização pessoal] e tantos outros que conflitam, pode-se até admitir, com o que foi ensinado na escola e no berço, produzindo lacunas que se tenta preencher com trabalho voluntário não remunerado, por exemplo.
Entretanto passear de madrugada distribuindo sopão a moradores de rua; organizar equipes de assistência a menores em situação de risco e todas essas boas ações, não tornam seus praticantes mais ou menos explorados que aqueles operários que acordam de madrugada, tomam ônibus lotados, alimentam-se de nicotina, cafeína e longas cadeias de gorduras saturadas, na rotina de um dia extenuante e muito pouco recompensador.
Conclui-se, então, que existem diferentes motivos para as pessoas doarem parte de sua vida ao cuidado de outras menos favorecidas: um sentimento de culpa, por exemplo, culpa por ser mais “feliz”; ou um sentimento de compromisso com a vida humana [meu caso!]... No fim, quase todos acabam trabalhando mais do que é necessário para o suprimento das necessidades da sociedade, e esse “quase” que falta só usufrui a vida, pois tem tudo pronto nas mãos [ou não está nem aí].
Que pena!