FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS

FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS
Please report broken links
リンク切れを報告してください。

última atualização 20/06/2016

sábado, 26 de dezembro de 2009

Three fingers after

Pra mim o dia do Natal foi “energizante”. Como em uma espécie de descarrego, ou uma despoluição emocional, esqueci minhas fraquezas românticas. Apesar de agora, enquanto escrevo, lutar contra o sono, nas horas que passaram aproveitei da companhia de familiares e amigos em uma confraternização típica desta época do ano.
Quando cheguei em casa, corri excitado para o banheiro e me deixei levar pela agradável experiência de redescobrir minha sensualidade através do toque dos meus próprios dedos. Oh, por todas as zonas erógenas,
gozei!


BEAR BEHAVIOR [JEITO DE URSO] a minha nova coletânea BRUNO B. Enjoy! *D

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Still you do not answer



Lindo, mágico, ao mesmo tempo forte e injusto.
Mais uma vez sou presa-fácil de um anime. Mais uma vez me pego obcecado por uma história de amor vampírico. Longe de melhorar, as coisas só pioram. Não entendo porque uma história japonesa teria essa tal capacidade de me entristecer. Por que me sinto tão sensível? Talvez, no Ocidente, estejamos demasiadamente acostumados aos contos de fadas que sempre terminam com finais felizes.
Será tanta ingenuidade assim desejar finais felizes?
Nós somos capazes de fazer coisas inimagináveis... dentro de cada ser humano borbulha uma força inabalável e vital. Brilhante, para determinados olhos.
Quero fugir, mas não estou preso...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Triste, infelizmente

Adeus, BrittanyNo último domingo eu estava trabalhando com muita calma, já que não havia muitos clientes para atender, quando olhei para o lado e comecei a “pescar” o que estava na tela do computador de um colega que trabalhava bem ao meu lado. A manchete da capa de alguma homepage dizia com letras grandes que me permitiu enxergá-las: morre Brittany Murphy... Meu queixo caiu de pronto. Será mesmo possível que ela partiu assim tão repentinamente? Terá sido a queda de avião, overdose de drogas, um câncer galopante? Quem matou Brittany Murphy, pensei eu.
O fato é que a notícia era verdadeira, ela estava morta. Que pena!
Escrevo agora para manifestar o meu pesar por esta triste perda. Brittany Murphy fez parte do meu crescimento, faz parte da minha memória. Seja como uma patricinha ruiva de Beverly Hills, ou a menina-zumbi de Anjos Rebeldes 2; como uma jovem molestada pelo pai em Garota Interrompida, ou melhor a amiga de Drew Barrymore em Os Garotos da Minha Vida; seja casada com Ashton Kutcher ou com Eminem.
Atriz de beleza marcante, com sua cara de louca e, ao mesmo tempo, tão doce, sempre interpretou personagens com grande importância nas tramas, mesmo quando era apenas uma coadjuvante secundária.


Brittany cantora, em parceria com o DJ Paul Oakenfold

domingo, 13 de dezembro de 2009

Seguidores [1.º]

Este post é para comemorar uma união...

Ofereço-te um beijo...Eu escrevo o quiser no diário da Danny. Ele é meu, e desde então faço dele o que a minha inspiração ordenar. Assim como eu tenho posse do diário, a inspiração tem a posse de mim.
Não sei, e nem tenho ideia, e nem quero saber, de como-ou-onde tudo vai acabar. Essa é a única coisa que sei com certeza, além “daquela” certeza que é única para qualquer ser vivo no universo, aliás!
Eu vou longe nas milhares de possibilidades de se editar um vídeo, uma imagem ou uma carta, mas nunca teria dúvidas para agradecer ao meu novo amigo e blogueiro RAULITO. Cara, valeu por esse seu atrevimento mais que oportuno!
A-do-rei! E você merece um beijo!
*D

sábado, 12 de dezembro de 2009

Mosaico sutil

QUANDO EU PROMETO ALGUMA COISA, EU CUMPRO [QUASE SEMPRE, rs]... APRECIEM ESTA DESCONSTRUÇÃO DE UM CUBO MÁGICO... COLETÂNEA JOSMAN INÉDITA! ENJOY! *D

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Boom, boom, paw!

- blog espanhol elege os 14 tipos de bunda preferidos
tradução: Google Tradutor[+] e Dicionário Espanhol El País[+]

Segundo a Real Academia Espanhola, a definição literal de bunda é o “conjunto de duas nádegas” ou, em alguns animais, “a área carnuda ao redor do ânus”.
Mas para nós, a expressão mais simples e mais prática que define a bunda é “uma das partes que mais nos cativa em um homem.”
Maiores, menores, achatadas, arrebitadas, planas... Existem de todos os tipos e para todos os gostos. E cada homem pode ter o seu tipo favorito de bunda.
Como uma homenagem a essa parte do corpo que atrai quase todos os olhares, faremos uma descrição dos tipos de bundas mais excitantes.
[-1-][-2-][-3-][-4-]

1 - A bunda arrebitada
É uma das mais perfeitas. E, assim, uma das que mais se tende a gostar. Homens com a bunda arrebitada caracterizam-se por tê-la bem colocada, para cima, dando a sensação aos olhos que a veem, de que está em plena forma.
Portanto, os atletas, especialmente jogadores de futebol, são um bom exemplo de bunda arrebitada.

2 - A bunda durinha
Firme, musculosa e túrgida. Assim é a bunda durinha. O traseiro, geralmente arredondado, com pouca distância entre as duas nádegas, evitando o desconforto de ter as cuecas se enfiando pelo meio, e que tem uma boa sensação de firmeza.
Muito mais que a bunda arrebitada, ela é geralmente típica dos homens que praticaram esportes ou que malham na academia diariamente.

3 - A bunda flan
Como o próprio nome sugere, a bunda flan é aquela que sobressai um pouco no perfil e balança para cima e para baixo e da direita para a esquerda quando o homem está em movimento.
Longe de considerá-la como uma bunda flácida, tocá-la e massageá-la, geralmente, é um prazer por causa de sua grande maleabilidade.

4 - A bunda tanque [ou panorâmica]
Ampla e grande. Esses são os adjetivos que melhor descrevem este tipo de bunda.
De enormes proporções, em geral, é muito típica dos homens de constituição forte, pelo menos da cintura para baixo. Com tendência a se esfregar ao andar, sem deixar que se perceba entre as pernas essa forma que é conhecida como “coração”.

[-5-][-6-][-7-]

5 - A bunda mesa-redonda
Um pouco mais flácida e volumosa que a bunda tanque, a mesa-redonda é geralmente característica dos homens com quadris largos. Ou que tenham o que é comumente chamado de culote.
Embora, talvez, não sejam as mais bonitas esteticamente, são muitas vezes perfeitas para aqueles que gostam de ter onde tocar e agarrar.

6 - A bunda plana
Este tipo de bunda é aquela que é mais difícil de ver a olho nu, se não estiver de perfil. Com pouco volume e muito pouca protuberância, as bundas planas são geralmente uma continuação insignificante das pernas. Isto é, a curva que une as pernas às costas é quase uma linha reta.
Apesar de não ser uma bunda muito atrativa aos olhares dos espectadores, há muitos homens que a consideram a mais bela.

7 - A bunda galga
Semelhante a bunda plana é a chamada bunda galga. Quem tem este traseiro são os homens de constituição mais magra e com pouca carne.
Por isso, ao se contrair os músculos da bunda, na altura do quadril, são desenhados um tipo de covinhas que a tornam ainda mais atrativa.

[-8-][-9-][-10-]

8 - A bundinha de nenê
Não apenas as formas que são atraentes, mas também o estilo ou a estética das nádegas.
Há muitos homens que, apesar da idade, mantém a mesma bunda de quando eram crianças. Redonda, lisa e sem nenhum pelo, nem mesmo uma penugem. E sem necessidade de fazer depilação.
Daí que, essas bundas são geralmente muito agradáveis ao toque e, visualmente, causam um efeito muito macio e provocante.

9 - A bunda peluda
Elas são o oposto das bundinhas de nenê. Tão peludas que se poderiam, até mesmo, fazer tranças. As bundas peludas são características dos homens cujo pelo é abundante em todas as partes do corpo.

10 - A bunda pelúcia
E, entre as duas anteriores, existe o meio termo: a bunda pelúcia. Estes são os traseiros que, sem realmente cometer o pecado do excesso, têm a quantidade certa de pelos que, também, é esteticamente muito atraente e acima de tudo, muito suave ao toque.

11 - A bunda de leite
Fruto dos meses de verão e de liberação sexual está a bundinha de leite, ou seja, a bunda com marquinha de sol.
Tanto faz se é uma tanga, sungão ou boxer, um traseiro virgem pelo sol de verão, e que destaca o bronzeado do resto do corpo, geralmente, é um dos estilos que mais excitam na hora do sexo.

[-11-][-12-][-13-][-14-]

12 - A bunda tostada
Mas se a bunda com a marquinha é excitante, uma bunda bronzeada, tampouco deixa a desejar.

13 - A bunda desavergonhada
E o que dizer daquelas que praticamente pedem para tomar um “tapinha”?

14 - A bunda lúdica
Posições, lugares, roupas... Uma boa bunda lúdica é aquela que consegue dar asas à imaginação de quem a vê.





domingo, 6 de dezembro de 2009

Vê esse vídeo


Esse seriado é uma viagem!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Eterna luta

Dia Mundial de Luta Contra a Aids 2009
Uma imagem vale mais que mil palavras!

ORIGEM DO SÍMBOLO - fontes: Wikipédia[+], e o blog Fora de Moda[+]
A idéia do projeto Laço Vermelho partiu do grupo Visual Aids, de Nova Iorque, em 1991, sobre três pilares:
1. Permanecer anônimo, como indivíduos, e dar o crédito pela criação do projeto Laço Vermelho à bancada de artistas do Visual Aids como um todo, e não nomear qualquer pessoa como o “criador” do projeto;
2. Manter livre os direitos autorais sobre a sua imagem, como um símbolo único, de domínio público, de modo que nenhum indivíduo ou organização se beneficie com o seu uso;
3. A fita vermelha deve ser usada como um símbolo de conscientização, que exprima a solidariedade em relação aos portadores do HIV, e, não como uma ferramenta comercial ou marca.
Os artistas que formavam o grupo Visual Aids pretendiam criar um símbolo visual para demonstrar compaixão pelas pessoas que vivem com AIDS e também os profissionais de saúde. Inspirado pelas fitas amarelas em honra aos soldados americanos que serviram na Guerra do Golfo, a cor vermelha foi escolhida por sua “ligação com o sangue e à idéia de paixão [do Lat. passione, sofrimento] – não só raiva, mas o amor, como no dia dos namorados”. Quando no início de 1991 o ator Jeremy Irons recebeu o prêmio “Tony” com uma fita vermelha presa à camisa, o sucesso foi imediato e duradouro e a fita logo se tornou famosa como um símbolo internacional de conscientização sobre a Aids, e um acessório de moda politicamente correta nas lapelas das celebridades. A fita vermelha continua a ser uma poderosa arma na luta para aumentar a consciência pública sobre HIV/Aids e nos esforços políticos para aumentar o financiamento do tratamento e da pesquisa científica.
Em 1992 nascia em Londres a Red Ribbon International, uma ONG responsável pelo controle dos usos [e abusos] do símbolo internacional de luta contra a Aids. A Red Ribbon não quer ver o símbolo sendo usado por quem não tem nada a ver com a luta contra a Aids.
- matéria especial do UOL sobre HIV/Aids





MUNDINHO / LUXO / FERVO / BABADO / ETC - atualizado em 08/12/2009
- transex pioneira na operação de redesignação de gênero em mostra na Inglaterra ...[+ fotos]
- ...e, também, uma transex ícone da noite novaiorquina em visita ao Brasil
- gays assumidos, ex-sargentos do Exército criam abrigo para jovens LGBT
- novo video game traz cenas de amor entre um homem e um elfo
- estamos quase conseguindo...
- ...mas, ele, acha melhor continuarmos “na moita”
- Hélio Filho dá sua opinião sobre The Fame Monster, no Mix Brasil
- alguns clichês serão sempre inevitáveis
- Pierre et Gilles, por Jardel Dias Cavalcanti, no GLX
- já que o assunto cultura... Adooooro!
- pra variar, quem tem homofobia enxerga tudo rosa

sábado, 28 de novembro de 2009

Peruca nova

Acredite[m]!
O único “merchan” que faço, aqui, é para o nome que define a nuance de castanho desta tintura de cabelos.
A herança genética é um presente [sim, eu acho que é um presente e não uma arma] de dois gumes, disfarçar cabelos brancos... por que os fios não desbotam todos de uma vez? Uma folha em branco, pronta para ser preenchida com padrões inusitados, por vezes, impossíveis.
Sim, eu pintei os cabelos com a minha cor, Castanho Danny, sim, eu tenho cabelos brancos. Que fique claro que é um fator hereditário. Mas por que eu precisaria me justificar por ter cabelos brancos?
Odeio quando muitas perguntas ficam sem resposta, ao mesmo tempo. O ódio é um sentimento fútil, essas perguntas também são fúteis.
Mais dois meses e faço mechas preto-azuladas. Mais dois meses, mais dois centímetros. Quero-os abaixo dos ombros. Haja tempo!


Castanho Danny, tinha que ser!

domingo, 22 de novembro de 2009

Hoje é pé de caximbo

MUNDINHO / LUXO / FERVO / BABADO / ETC
- relação entre irmãos incomoda mais por ter final feliz
- repórter do New York Times é fã das histórias de cordel brasileiras
- preciso de um igual, aqui em São Paulo
- gay na vida e na arte
- guia espanhol para pais de homossexuais
- ela não é nem um pouco ga-gá
- nova modelidade artística: 4D [...ou de quatro?]




Revista da Tina nº 6- primeiro personagem gay dos gibis brazucas
- no Terra: Gibi abre discussão sobre como falar de homossexualidade
Mauricio de Souza decidiu que já era hora de “penetrar” em assuntos polêmicos nas suas publicações direcionadas ao público jovem, já que o foco das histórias escritas para esse público seguem uma receita, mais ou menos, conhecida e repetida a exemplo de Malhação. Até aí, tudo bem, eu entendo essa ideia de “penetrar aos poucos” pra não ferir os pudores de adultos conservadores [pseudo-moralistas-cristãos], afinal, quem paga pelos gibis [e vídeo games, baladas, etc] dos filhos são os pais e é preciso sempre convencer a estes últimos de que nada vai desviar suas sementes do caminho virtuoso traçado por Deus.
Eu só fico com uma dúvida: porque, então, o Mauricio de Souza não manteve suas personagens com a idade que tinham quando foram lançados? Quero dizer, a Tina atual está na faculdade, é uma jovem adulta com, no mínimo, 18 anos de idade, ela provavelmente não é mais virgem [hello-ou!] e já deve ter conhecido algumas colegas de turma que tiveram filhos na adolescência. Qual o problema de ter um amigo gay? Qual o problema se ele for assumidamente gay?
São coisas que só saberemos no futuro, com uma roda de amigos de diferentes etnias, reunidos em volta de uma fogueira, no novo mundo que existirá em 2013.
[...]
E eu que queria morrer em 2008, hein!




Coletânea com cenas de ROLANDO MÉRIDA... Enjoy! *D RECORTES