FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS

FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS
Please report broken links
リンク切れを報告してください。

última atualização 20/06/2016

sábado, 30 de setembro de 2006

Hilário Político, complô[?] e Zack-2

Afinal, amanhã é dia de pleito [irc!] mas, pra quem ainda tem dúvidas em qual candidato deve votar, eu separei um vídeo especial com as melhores aparições já filmadas no Brasil. É melhor rir que chorar! \'D

Elenco humorístico da boate paulistana, Blue Space [+]


Leia a FRASE DO DIA
A única diferença entre santos e pecadores é que todo santo tem um passado e todo pecador tem futuro.


América, por Sérgio Dávila
Matéria retirada da Revista da Folha do dia 25 de junho de 2006.


PARA ENCERRAR ESTE POST, ENTREGO A VOCÊ[S] A SEGUNDA PARTE DESTA SÉRIE S&M DOMINADOS PELA LUXÚRIA, DO ZACK. [+ parte 1]

[-11-] [-12-] [-13-] [-14-] [-15-] [-16-] [-17-] [-18-] [-19-] [-20-]

quarta-feira, 27 de setembro de 2006

Aperta-se um botão aqui, cai uma bomba acolá

Não me julgue[m], afinal o voto é secreto, se estou abrindo pra você[s] é porque realmente sinto alguma identificação com estes candidatos. Um grande amigo meu, por exemplo, já decidiu: vai votar no 45. Tudo 45. Provavelmente é para não ter de gastar neurônios demais, fazendo análises de idoneidade política e do histórico dos candidatos. Não o culpo, sei bem dos seus motivos para agir com tal ignorância, mas não concordo. É por isso que durante esses meses prestei bem atenção ao cenário político brasileiro, perdi meu tempo com horários eleitorais, debates entre candidatos e entrevistas. Consultei a internet e as minhas próprias memórias... Eis aqui os resultados.
HELOÍSA HELENA Presidente 50
SONINHA Deputada Federal 1308
Prof. GIBA Deputado Estadual 13010

Apesar de ser quase garantida a vitória de Lula na disputa presidencial, eu decidi votar na Heloísa Helena. Sim, já ouvi falar coisas boas e ruins sobre ela, como já ouvi falar coisas ruins de todos os outros candidatos, entretanto fiz minha escolha baseada em três motivos principais: 1) ela é mulher; 2) ela é declaradamente de esquerda, mas seu discurso não é alienado, ela demonstra entendimento da situação econômica em que o mundo se encontra hoje e o papel do Brasil neste contexto; e 3) ela é barraqueira, imagino que, no cumprimento de um eventual mandato, ela daria escândalos homéricos diante de qualquer sinal de mau-caratismo político de que tivesse conhecimento. Mas é lógico, posso estar redondamente equivocado...
Para Governador ainda estou completamente na dúvida. Especialmente depois de ver o debate ontem à noite. Cada um dos candidatos falou alguma coisa que eu achei coerente, mas o clima de bate-boca era óbvio. Serra está em primeiro lugar nas pesquisas, é dele a garantia da vitória. Mas não voto nele por ele ter abandonado a prefeitura de São Paulo para se candidatar ao governo do Estado. Acho que uma eleição não deve servir de trampolim político, se ele ganhou a disputa municipal deveria honrar os votos de seus eleitores. Quanto aos outros, ou são muito sorridentes, ou muito gagás, ou sofrem de TOC e lavam demais as mãos.
Senador: está aí outra dúvida cruel. O Suplicy tem quase a unanimidade dos votos válidos em São Paulo, mas não o considero o mais capacitado. Realmente ele já deveria estar pensando em se aposentar, mas dentre os demais, não sei quem seria uma opção melhor para representar o meu Estado em Brasília.
Só me resta, então, apresentar meus candidatos a Deputado Estadual e Federal. Para o primeiro cargo escolhi votar no Prof. Giba. Já tive aulas com ele, e o conheço bem. Ele é responsável, atencioso e muito competente. Acho que ele merece uma chance de mostrar seu talento e duvido muito que vá me decepcionar. Para Deputada Federal escolhi votar na Soninha. Eu votei nela pra Vereadora de São Paulo, cargo esse que ela cumpriu de forma impecável e também tenho acompanhado sua carreira desde a MTV, sei que ela é uma ótima pessoa. Não duvido nada que com mais alguns anos de experiência ela venha tornar-se a primeira mulher na presidência da República.
Enfim, não sou uma pessoa otimista. Infelizmente, imagino um futuro terrível para nós humanos. A satisfação do ego e a busca por dinheiro a qualquer custo estão causando a destruição do planeta; isso somado às guerras e novas epidemias de doenças incuráveis poderão levar a extinção de quase todas as formas vida na Terra. Claro que nada mudará tão drasticamente enquanto eu e meus contemporâneos estivermos vivos, mas as próximas gerações estão fadadas a um futuro incerto. Pensar nisso me causa inquietações terríveis e um sentimento de impotência... só o que posso fazer, antes de virar cinzas, é o que já faço: a minha parte.

segunda-feira, 25 de setembro de 2006

Blogagem Coletiva Sobre ÉTICA


Contra o desejo incontrolável de sempre obter vantagem em tudo;
contra a intolerância, o abuso do poder e a impunidade;
contra a falsa idéia de que todo homem tem preço;
contra o uso da própria ignorância como um escudo covarde;
contra todas as violências;

por um planeta limpo, seguro e próspero;
pela união entre os povos e o respeito à diversidade;
pelo destemor nas atitudes honradas;
pela universalização da cultura e do conhecimento;
por uma re-visão do jeitinho brasileiro.


[+ análise dos resultados]

sábado, 23 de setembro de 2006

Danny fala para TODOS: alguém afim de tc?

Diga[m] o quiser[em]... Cansei dessa vida!
Talvez eu passe a impressão de não fazer mais nada na vida além de navegar na net em busca de material para pôr no blog. Na verdade a internet é pra mim apenas um veículo de comunicação... um tipo de mídia, bastante versátil por sinal, já que eu posso ler, ver e ouvir todo tipo de informação do meu interesse. Basta copiar os endereços daquilo que achar mais relevante e publicar aqui. Também pode dar a impressão de que passo horas em frente ao computador... Ledo engano! Eu fico no máximo 2 horas por dia. Conectado, lógico, porque o computador não serve só para acessar a internet. Nestas 2 horas eu baixo meus e-mails [e os respondo], faço compras [têm muitas ofertas que só aparecem na internet], vejo fotos, assisto a vídeos e leio, leio muito.
Porém, no final da década de 1990 [97, 98 e 99] eu entrava muito em salas de bate-papo e no ICQ, aliás eu adorava o barulhinho do ICQ [oh-ouh!] e tinha meus amigos, casos e paqueras virtuais. Mas não sei bem o porquê, só sei que, em algum momento, encheu meu saco e não quis mais saber disso. Enjoei, me estressei... perdi a paciência. Então, àqueles com quem pude trocar telefones, ligava; a quem só havia trocado e-mails, escrevia e com todos me encontrava pessoalmente.
Hoje o Google lançou o Orkut com suas comunidades e scraps, a Microsoft destronou o ICQ e seu barulhinho tão fofinho, mas ninguém superou ainda o bate-papo do UOL. Entramos na era dos blogs e temos a chance de deixar ali nossos comentários, se quisermos e, até, conhecer pessoas, por que não?
Só não me peça[m] pra adicionar alguém no MSN... não tenho mais paciência para os diálogos téc-téc...
Acho que fiquei velho, isso sim!

LINKS PARA UMA VIDA INTEIRA:
– divulgação do projeto para o novo WTC: as três torres [vídeo]
literatura, ficção científica e a soberania sobre a Amazônia
– a lado mal da internet: os crimes virtuais
e por falar em internet...
– se a primeira impressão é a que fica, eu estou envergonhado!
e os doutores políticos nunca prestaram vestibular
– será que tem jeito?... palavras ditas em vão
“a pasmaceira e a dubiedade podem produzir” alguma coisa?
– 20 anos de Chernobyl: ainda não aprendemos a lição
DBA: dependentes de botox anônimos
– o mundo está se cansando das olivias-palitos... ou não?
opinião de Maria Alice Rocha sobre a ditadura do tamanho zero
– depois de Dolly, surgem os gatos [transgênicos] antialérgicos
para existir um futuro melhor, basta plantar uma semente
– o bofe responde: conselhos de um macho simpatizante
pra quem está com uma graninha sobrando [mas não tanto assim]
– carta de Marta Suplicy em apoio à GLBTs
sob o peso da cultura cristã, machista e pouco progressista
– o quê que eu falei?
pior são as mulheres machistas: vingativas e recalcadas
– documentário exclusivo do canal GNT
entrevista com mais um sapo que virou príncipe em rede nacional
– quarentão, mas com cabeça de adolescente
qual é o preço de ser Danny?


SABADÃO, DIA DE POSTAR COMICS. HOJE EU APRESENTO MAIS UM MIX COM IMAGENS DO JULIUS: NA PRIMEIRA LINHA, SOLOS; LOGO ABAIXO, GRUPAIS.
Ramon e Julian Rumo ao Sul Campo de obras Campo de obras Histórias da Bavária Deuses libidinosos de Bramapur Ramon e Julian Robinson Crusoé Rumo a Oeste Os arquivos Glominus

quarta-feira, 20 de setembro de 2006

MMM, Dia sem Carro e os 50 anos de mamãe

Mercado Mundo Mix
Dia Municipal Sem Carro
Neste fim de semana tem Mercado Mundo Mix e mais uma vez inovando, esta edição terá o Memorial da América Latina como palco. Nem preciso dizer que eu estou ansioso, e que eu adoro ir ao Mundo Mix. Acho uma pena que não seja mais um evento mensal. Por isso, sempre que tiver, eu irei.
Ao mesmo tempo, em São Paulo, acontecerá o Dia Sem Carro. Uma iniciativa da Prefeitura para estimular a abstenção do uso excessivo dos veículos de passeio [maiores poluentes da cidade e causadores do trânsito infernal nos horários de pico] e incentivar as caminhadas, o uso da bicicleta, transportes coletivos e o hábito de oferecer carona na capital paulista. Idéia muito bem vinda, por sinal!
Mercado Mundo Mix
– Memorial da América Latina
Dia sem Carro



PARABÉNS ATRASADO...
Na última segunda-feira, 18/set, foi aniversário da mãe. Ela completou meio século de vida, tão louca, já dizia estar na terceira idade [que, tecnicamente, só virá aos 60 anos]. Sim, minha mãe é minha amiga! Sempre senti que podia contar-lhe o que quer que fosse. Aliás, na minha casa nós sempre cultivamos a honestidade mútua, e eu, talvez por princípio, já que odeio ter que omitir a verdade ou inventar histórias mirabolantes, sempre fui de falar tudo abertamente. Óbvio que também não saio como uma metralhadora atacando os pudores alheios, eu conheço os limites da minha mãe, virginiana [chatíssima, rs] e filha de uma evangélica fervorosa [minha vovó]... nunca poderia chegar pra ela dizendo mãe, acabei de transar com um homem lindo! [ou com dois, três... enfim... rs...] Assuntos dessa esfera eu prefiro tratar com muita elegância, evitando os detalhes picantes. Já com os outros assuntos não sinto a menor restrição. Drogas, brigas com amigos, alguma eventual DST que eu contraísse [isso já faz tempo], dívidas ou empréstimos bancários [não tão raros quanto eu gostaria], etc...
Minha mãe é espiritualista, acredita em anjos e energias cósmicas. Educou seus filhos com severidade e ternura. Nunca gostou de trabalhos domésticos [não cozinha lá essas coisas e adora manchar nossas roupas com água sanitária]. Sempre trabalhou fora, até alguns anos atrás; hoje está desempregada, mas curtindo uma certa liberdade e as delícias de ser avó... Ai de mim, chamá-la de chata perto dos netos! ;D

MAMI, EU TE AMO! FELIZ ANIVERSÁRIO!

sábado, 16 de setembro de 2006

A noite podia ter sido melhor... Josman-2

Ontem à noite fui ao meu lugar de pegação para espairecer...
e, trocar o óleo.

Estava um tédio, só tinha aquelas passivas horrorosas que te olham torto. Caminhei desanimado, mas quando eu menos esperava, esbarrei com o Zé Luís. Desta vez nós não ficamos só de beijinhos e amassos; quando o tesão se tornou incontrolável, ele vestiu uma camisinha e me penetrou vigorosa e aceleradamente, ali mesmo onde estávamos... Foi muito intenso! Depois do orgasmo ainda ficamos namorando um pouco, então ele precisou ir embora.
Acabei encontrando meu amigo, mas ele estava acompanhado e preferi não interrompê-lo; fingi que não o conhecia e ele entendeu. Mais tarde o encontrei sozinho, disse-me que acabara de ser assaltado. Eu fiquei surpreso, já que nunca tinha ouvido falar de algo assim ocorrendo por ali... Foi uma pena! Ele disse que estava quase transando com o seu acompanhante, quando os trombadinhas apareceram.
Eu apenas o ouvi, nem quis falar muito de quanto eu havia me divertido.
Depois que meu amigo foi embora, fiquei sozinho de novo com o meu tédio. Na falta de algo melhor pra fazer, resolvi ir embora também... meio a contra-gosto, confesso, mas a noite já havia se encerrado.

ELEIÇÕES 2006:
– o 2º debate entre presidenciáveis, na TV Gazeta
– filme B: Collor 2, o Retorno... tem + aqui... e aqui
– o voto nulo não anula nada!

OUTRAS HISTÓRIAS:
– drogas baratas demonstram excedente produtivo
– duopólio dos softwares: Código Aberto versus Microsoft
– o seu destino nas próximas férias: México
– enfrente tudo na vida com a cara e a coragem
– chupar bala com ou sem papel?... de qualquer jeito pode fazer mal
– acordando, de repente, em outra dimensão
– uma Maria que não vai com as outras
– se Brokeback Mountain já é duro imagina isso...
– chega de confiar em promessas!
– não usarás o nome de Deus em vão!



O tempo em que eu fiquei sem postar atrasou todo o meu cronograma para a entrega de comics eróticos, mas acho que consegui recolocar o carro nos trilhos. Hoje apresento a segunda parte da série mais aclamada do JOSMAN. Entretanto, não posso fugir de algumas explicações.
Quando eu consegui a primeira leva de imagens, estranhei o fato de só serem 5 páginas, mas como a história em si tinha começo, meio e fim, não dei muita importância. Depois consegui outras imagens da mesma série e descobri que a história tinha mais capítulos. Fiquei doido atrás deles! infelizmente eu já tinha publicado algumas partes da história antes de terminar a busca, por isso os links estão uma salada.
Consegui, ao todo, 4 capítulos completos e, mesmo assim, não sei se tenho todos que existem, pois a última página da parte 4 termina com a frase TO BE CONTINUED... [continua]. Então fica aquela dúvida no ar... será que esta história tem um final?... Com você[s]: MEU FILHO TESUDO 3.

[+ parte 1]
[-6-] [-7-] [-8-] [-9-] [-10-]
[+ parte 3]

quarta-feira, 13 de setembro de 2006

Imperial United States of America: aqui se faz, aqui se paga!

GROUND ZERO...
DENISE [+]: Como foi o seu 11/09/2001?
DANNY: Eu estava vendo TV no dia 11 de setembro de 2001; estava cuidando do meu sobrinho mais velho, então com 2 anos de idade. Era entre 10h e 11h da manhã. Eu estava assistindo a Rede Globo, meu sobrinho via os desenhos e eu o acompanhava. De repente o programa foi interrompido para uma transmissão urgente, o evento mais improvável acontecera: um avião colidiu com uma das torres do World Trade Center [WTC], em NY... Que horror!... Que perigo!... Eu, que nunca andei de avião, estava chocado... a nuvem de fumaça fazia lembrar um vulcão em vias de explodir.
Logo comecei a zapear todos os canais jornalísticos, CNN, Fox News, etc. Eu queria saber como foi, certamente uma falha mecânica, pensei. Meu sobrinho não entendia nada, mas prestava atenção na TV junto comigo. Os repórteres pareciam mais perplexos do que eu, cheios de dúvidas, e as câmeras não paravam de focalizar o “vulcão fumegante”. Foi assim, quase sem perceber, que, no segundo plano do vídeo, apareceu uma outra aeronave. Dava mesmo a impressão que ela estava no segundo plano e passaria por trás das torres, mas não foi assim. Como um imã gigante, a torre sul do WTC atraia o avião cada vez mais perto, e... boom!

Atentado ao WTC, 2º avião
Eu vi o segundo avião batendo nas torres gêmeas ao vivo.

Meu queixo caiu, o corpo inteiro paralisou... a criança ao meu lado perguntava curiosa: bateu?!
Qual a chance de dois raios caírem no mesmo lugar? Qual a chance de se ganhar sozinho na loteria duas vezes seguidas? Qual a chance de dois aviões terem falhas mecânicas, praticamente ao mesmo tempo, e se chocarem com as torres gêmeas em NY? Essas idéias pipocavam na minha cabeça ao mesmo tempo em que eu ouvia, na TV, vozes desconcertadas falando um inglês quase ininteligível pra mim.
Passada a paralisia, comecei a telefonar para todos que eu conhecia, todos ocupados não tinham nem ouvido falar sobre o ocorrido. Por favor, o que eu faço? Aconteceu um acidente em NY... Agora já se passaram 5 anos, já sabemos quem foram os responsáveis por este atentado e porque [bem ou mal] o deflagraram. Milhares de pessoas morreram; NY, os EUA, Espanha, Inglaterra e o próprio mundo ocidental nunca mais seriam os mesmos...
Abre aspasO que os Estados Unidos estão provando é muito pouco comparado com o que temos provado há dezenas de anos. Nossa nação vem sofrendo humilhação e desprezo há mais de 80 anos. [...] Agora que, após 80 anos, a espada caiu sobre os Estados Unidos, a hipocrisia vai erguendo sua horrenda cabeça para lamentar a morte desses assassinos que perverteram o sangue, a honra e os lugares sagrados dos muçulmanos. O mínimo que se pode falar desse povo é que é moralmente depravado.”
Osama bin Laden, 7 de outubro de 2001


NOTA ZERO...
Quando eu li esta nota [+] sobre a campanha que o site [+] Environmental Working Group [EWG] está promovendo contra o McDonald’s e os brindes nada educativos que acompanham o McLanche Feliz nos EUA, lembrei, na hora, de uma postagem da Leila [+] a respeito do novo sonho de consumo estadunidense: as peruas-tanque-de-guerra Hummer.
Pois o McDonald’s está, justamente, dando uma miniatura do Hummer como brinde no McLanche Feliz e, embora tente negar, é óbvia a intenção da empresa de “alimentar” ainda mais o desejo consumista das pessoas daquele país.
Contra isso, os ativistas do EWG bolaram uma estratégia bem simples: em um letreiro virtual do McDonald’s os internautas deixam as suas mensagens, sempre cheias de sarcasmo, e ainda podem participar de um abaixo-assinado online. O resultado é surpreendente e seria até engraçado, se o assunto não fosse tão sério.
Eu participei com uma mensagem em português e outra em inglês com conteúdos semelhantes.

Português Inglês
O site também promove uma votação para escolha das melhores frases. Aproveitando a deixa, selecionei as minhas preferidas... e olha que eu não cheguei a ver nem um terço de tudo que foi publicado, mas deu pra dar umas boas risadas.

Não, nosso Hummer não roda com
óleo de batata-frita usado.

Nós ensinamos as crianças que a gula é saúde, a violência é paz e o egoísmo é amor.

A seguir: o primeiro maço de Marlboro
é grátis em todos os McLanche Feliz.

Detalhe: os Hummers não cabem
nos nossos drive thru.

Nós não estamos contentes em matar vocês
com comida, nós também queremos
destruir o planeta!

[McDonald’s]... Matando nossos clientes com
uma promoção de cada vez.

Obesidade, pressão alta, diabetes.
Amo muito tudo isso!

Servimos McLavagem Cerebral.
Grande comida, grande idéia.
Grande idéia, grande carro.
Grande carro, grande desperdício.

Em tempo: meu carro dos sonhos pode ser qualquer um do tipo sedan, de preferência com motor flex e guiado por um chofer lindo, alto e gostosérrimo, o qual só trabalharia de sunga boxer preta, quepe e óculos escuros... tá, meu bem!

sábado, 9 de setembro de 2006

1º ano de existência

Leia a FRASE DO DIA
“Obrigada a todos vocês, tarados, por votarem em mim [...]
façam sexo seguro e, se puderem, usem carros flex.”

Fazia anos que os blogs eram populares no Brasil, mas eu não dava muita bola. Como eu já não gostava de bate-papo online, e tendo ouvido tanto a respeito dos diários digitais [que, aliás, todo mundo tinha!] e a publicação de pensamentos e desejos; eu achava que ter um blog e ficar expondo a própria vida na rede, era coisa de quem não faz nada na vida. Só mudei de idéia depois de ler uma coisa interessante aqui, outra ali, e me dar conta de que poderia ser uma experiência bem enriquecedora.
Foi então que eu comecei a pesquisar, no começo de setembro do ano passado, qual seria o melhor blog, o melhor provedor, etc. Pensei: vou testar o Blogger... se me lembro bem, foi este tal de Blogger que lançou a moda aqui no Brasil, inspirou a criação de todos os neologismos relacionados a esse universo e virou uma febre, que mais tarde viria se desdobrar em blogs e fotoblogs oferecidos pelos maiores portais brasileiros.
Eu comecei timidamente, não sabia direito o quê publicar, achava uma chatice os modelos estarem cheios de anglicismos, desde toda a linguagem HTML, até os cabeçalhos das colunas e o formato das datas. Estudei HTML para poder contextualizar qualquer expressão que não estivesse no português tupiniquim, e aproveitando a deixa, já configurei itens de edição como parágrafos, estilos de texto e etc. Depois engrenei nas postagens e não parei mais.
O contador de acessos, eu só coloquei em janeiro deste ano, o que quer dizer que eu nem imagino quantas pessoas estiveram aqui antes disso, mas de uma coisa eu tenho certeza: o número que aparece nele é o mesmo número de pessoas que entram no blog [unique visitors], que era a informação que eu queria saber, e não o número de páginas diferentes que são abertas dentro do blog [page loads]; mas não sei se foi muito ou pouco. Ultrapassar a marca das 30 mil visitas, em menos de um ano... são, quase, 4 mil visitas por mês; por isso estou super feliz e só tenho a agradecer a todos os leitores.
Eu sei que as pessoas começaram a vir aqui, inicialmente, por causa dos desenhos eróticos e não as censuro por isso, de maneira alguma. Meu intuito era mesmo atrair atenção para algo que eu achava pouco divulgado e pelo qual sou apaixonado. Depois vieram os textos que ilustram as minhas idéias a respeito do mundo que me rodeia e as minhas aventuras. Conforme eu navegava na internet e alguma coisa atraia minha atenção, imediatamente, eu copiava o endereço e pensava numa forma de publicá-lo, fosse como postagem ou como um link nas minhas listas de links.
Apesar de ter deixado o template antigo exatamente como queria, não achava que ele era exclusivo e sempre pensei em fazer um modelo novo, com a cara que eu imaginava que deveria ter a minha homepage. Então comecei a pesquisar diversos sites com templates gratuitos, em busca de idéias. Este modelo que estréio hoje, com a imagem de fundo fixa, foi inspirado em um blog [+] em que eu aterrissei uma noite dessas e achei muito louco. Depois, escolhi a imagem que serviria de background pro meu modelo, e adaptei o texto e os esquemas de cores a meu gosto. Espero que agrade a você[s] tanto quanto a mim!


MUITO OBRIGADO POR SUA PRESENÇA E CONTO COM TODO[S] VOCÊ[S] POR MAIS UM ANO E EM TODOS OS OUTROS ANOS QUE VIEREM! THANKS! \*D