FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS

FAVOR REPORTAR LINKS QUEBRADOS
Please report broken links
リンク切れを報告してください。

última atualização 20/06/2016

domingo, 30 de abril de 2006

A cura, o leão e Zack-2

Estou ótimo. 99,9999½ por cento melhor, só estou terminando de expectorar [eca!], mas desde sexta-feira é como se não estivesse mais doente.


Eu também tenho o costume de deixar tudo pra última hora, como bom brasileiro que sou, mas em relação ao imposto de renda, felizmente, posso contar com meu pai. Nem sei se ele se incomoda, afinal, somos eu, minha irmã casada, meus tios e outros parentes que contamos com sua prestimosa ajuda. E, sem querer rasgar muita seda, eu não sei o quê ele faz [nada ilegal, claro!], mas sempre vem uma “bolada” de restituição. Ah, não incluí a minha mãe porque, desde que ficou desempregada há uns 4 anos, ela entra como dependente na declaração do meu pai, junto com a minha irmã caçula.

Isso foi o que eu escolhi para postar como link:
– o pink money europeu não é mais o mesmo
mas aqui, dá pra conseguir uma fatia do bolo!
– preconceito no trabalho?... duh!
X Parada de SP: inscrições para trios elétricos... pré-programação
– o Ministro censura a censura
o caso dos skinheads na Consolação ainda está insolúvel
– “minha querida web cam” ou “vídeos reprovados do BBB”
você[s] sabe[m] gozar?...
– por que um livro infantil causa tanto barulho?... veja também
Gay Chic em Zurique
– bicha tem a língua tão maldita... ahfff!
vamos ao teatro?

Agora entrego, aos meus leitores queridos, a segunda parte da seqüência O MOTO-BOY, de ZACK. Se você[s] não viu[ram] a primeira parte, veja[m] aqui [+ parte 1].
[-8-] [-9-] [-10-] [-11-] [-12-] [-13-]

quarta-feira, 26 de abril de 2006

Gripe, notebooks e café

Quero começar dizendo que estou podre! A primeira gripe do ano me alcançou e desde a hora em que acordei no domingo até agora não sou mais o mesmo. Ando como um zumbi, com dores no corpo inteiro, febre e sudorese. Meu nariz virou nada menos que uma torneira hedionda e me sinto como um sapo gosmento e coaxante. Não consigo dormir direito, não consigo comer direito, não consigo respirar direito...
Leia a frase do dia
A única coisa que me tranqüiliza é o fato desta enfermidade ter duração de sete dias contados a partir do contágio; no próximo domingo tudo isso já será história... Só peço desculpas a todos a quem transmiti este infeliz vírus, no ônibus, no metrô, nos locais de trabalho e estudo, enfim, foi inevitável, me desculpem!
Fratura exposta
Agora quero falar de um problema grave, pelo menos no meu caso, que sou muito estabanado. Quem tem notebook sabe que qualquer queda pode ser fatal, tanto pela perda de dados essenciais quanto pelo rombo no bolso. [Nem preciso dizer o quanto são visados pelos ladrões]. Aqui no Brasil, um notebook não sai por menos de três mil reais, por isso vale a pena investir numa bolsa bacana pra proteger a sua ferramenta de trabalho. Pena que estas bolsas listadas aqui [+] são importadas e só acessíveis àquelas bichas muuuito finas, mas eu acho que se dermos uma boa garimpada na 25 de março, acharemos versões similares para qualquer tamanho de carteira.

Cafézinho bom! PRA ENCERRAR ESTE DESABAFO VOU FALAR DA MAIS NOVA EMPREITADA IMPERIALISTA AQUI EM TERRAS BRASILEIRAS. ESTÃO QUERENDO MUDAR O NOSSO JEITO DE TOMAR CAFÉ. LEIA[M] AQUI [+] O TEXTO DA LEILA COUCEIRO SOBRE A VINDA DA STARBUCKS AO BRASIL E SEUS PLANOS MIRABOLANTES DE EXPANSÃO COM A VENDA DE CAFÉ POR DEZ REAIS. É PRA DASLU NENHUMA BOTAR DEFEITO.

sábado, 22 de abril de 2006

Liberdade, ainda que tardia... Põe rosa!

Mami voltou com boas notícias sobre a recuperação da minha avó.
O único problema é dependência de tantos remédios pro coração e a recomendação de fazer o mínimo de esforço físico, fora isso vida normal.
Ai-ai... Ontem [21/04] foi Tiradentes, hoje [22/04] é o dia oficial do descobrimento do Brasil e faço minhas as palavras do mestre Raul.
A solução é alugar o país. Quem vai querê?
É só dé real!

E ESSES FORAM OS ASSUNTOS QUE EU ESCOLHI PRA LINKAR:
– pelo lugar, eu acho que foi homofobia
conversando, todos se entendem
– aqui, nem deve haver dados; já na África do Sul... veja também
nós também merecemos o dia da noiva, tá
– pelo direito às panelinhas na escola
namastê, Dalai Lama
– texto de Ricardo Aguieiras, leia[m] e tire[m] suas próprias conclusões
mais um alvo ambulante: Queer Jihad
– por que no parque? Freud explica
cinema no planeta arco-íris... veja também


Encerrando este post, uma série em homenagem ao sexo descompromissado dos parques. Dá pra ver que o autor, MICHAEL, se inspira muito nos desenhos do Tom of Finland, talvez tentando criar uma versão genérica.
[-1-] [-2-] [-3-] [-4-] [-5-] [-6-]

quarta-feira, 19 de abril de 2006

Transplante de cérebro

Mal se inicia um novo milênio e as pessoas continuam preocupadas com o que as outras pensam de si. Claro que é representativo o desejo de adequar-se a padrões de beleza, principalmente dispondo de uma revolução tecnológica inteira dedicada ao cuidado e tratamento da pele e músculos. Hoje em dia pode-se transformar qualquer parte do corpo humano. Cirurgias plásticas sem cicatrizes pelo uso do raio laser; polímeros seguros que aumentam volumes e preenchem rugas; aparelhos de sucção menos traumáticos para eliminação instantânea de gordura em excesso; substâncias químicas colorem e mudam a forma dos cabelos; pessoas baixas ganham alguns centímetros a mais...
O espelho mente, sim!
Entretanto, o papel da beleza para os humanos, sua importância, foi gerada por algo mais grave: todos os povos a oeste de Greenwich baseiam suas relações apenas na superficialidade, embora tentem disfarçá-lo, como acontece no Brasil. Exemplificam isso os chavões que povoam o imaginário popular, “boa aparência é um cartão de visitas”, “a primeira impressão é a que fica”, “tô deprimido[a], comi demais”. Mesmo que se jure preferir outro tipo de qualidade em um companheiro, as características interiores tornam-se secundárias. Se for GLBT, então, piora. Ou você[s] nunca
viu[ram] anúncios pessoais dizendo “descarto efeminados”? Como, se ser gay, fosse igual a ser travesti, e ser travesti, fosse igual a ser destaque de carro abre-alas...
Imagine[m] o caso: em um grupo uniforme de pessoas comuns, se alguém aparecesse com uma tatuagem no rosto, isso causaria grande curiosidade; talvez aquela ousadia não seja bem vista; independente daquele alguém ser um monge budista, ou ter participado de um mutirão para acolher os idosos do seu bairro, ou realizar qualquer outro ato sem relação alguma com sua aparência externa. Significa que os padrões de beleza não prezam o respeito à liberdade alheia. Além do mais, se tudo isso é coisa de quem tem grana para gastar, então que fiquem com seus padrões! Os perfeitos padrões comerciais inatingíveis. Voltemos a ser só humanos! No final vão todos[as] virar purpurina!

sábado, 15 de abril de 2006

Faltaram ovos de ouro... Josman-1

FELIZ PÁSCOA!Eu, sinceramente, não gosto muito da Páscoa, não. Primeiro porque eu não sou chocólatra [sim, eu gosto de chocolate mas, depois de alguns pedaços, enjôo logo] sem falar que a minha pele adora me pregar peças... Segundo porque tem todo esse contexto religioso, essa coisa mel-gibson-fundamentalista-cristã: em qualquer canal da TV, só se fala no pobre infeliz do judeu crucificado ou no Papa Chico Bento. Argh! Depois que traduziram o Evangelho de Judas, não vejo a hora do lançamento da versão cinematográfica d’O Código Da Vinci, pra, pelo menos contra-balançear essa história toda. Eu sei, eu sei, é só uma ficção, porém, muitas das informações “históricas” entremeadas no livro homônimo de Dan Brown, batem exatamente com tudo que eu aprendi na escola... se você[s] quiser[em], basta dar uma olhadinha nos seus velhos livros de História Geral...
Enfim, não estou lá estas coisas. Quarta-feira minha avó teve um problema no coração e pegou a todos desprevenidos. Como ela mora longe da capital [muuuito longe!] e nós moramos todos aqui, não temos podido ir visitá-la sempre. Ainda por cima, ela é tinhosa: não vem de jeito nenhum, quer que a gente vá lá lamber o seu rabinho. Agora, teve esse piripaque, fez minha mãe chorar, minha mãe foi pra lá correndo no último horário disponível da quinta-feira e aí chegaram notícias de que minha avó já estava em casa e que tudo bem, só precisa de repouso absoluto. Pode?... Lógico que estou feliz, mas o escarcéu que armaram ao telefone foi shakespeariano!... Isso não se faz!
Mesmo assim, tirando esse desfalque da minha mãezinha, não tenho do quê reclamar... No mais, é aproveitar os feriados da melhor maneira possível, antes que chova de novo ou que o inverno e as propagandas eleitorais cheguem de vez... e juízo, hein, meu[s] querido[s]! Como diria a pobre-menina-rica [e santinha] Suzane von Richthofen*: aqui se faz, aqui se paga... [rsrsrs]... Lembre[m]-se de que não existe crime perfeito.

* eu conheço uma pessoa muito inteligente [e muito chique!] que pronuncia richit-rófem... esses sobrenomes germânicos são terríveis!

Links da semana:
os pastores não recomendam Código Da Vinci às ovelhinhas
– por favor, leia[m] com atenção e solidarize[m]!
músicos modernózos com cara de gay... e veja também
– mais beijinhos HxH... só poderia ser na MTV
será que isso vai rolar por aqui?... e veja também
– o governo caribenho dá um truque
já dei tanta pinta por lá... tá na hora de voltar
– perigo de curra, isso sim!
a Prefeita do arco-íris
– nada de panelinhas na escola
a herdeira de Hugh Hefner quer oferecer também “coelhinhos”
– a justiça só é cega, não burra
tomara que não seja só da boca pra fora


Só pra causar alguma polêmica, a primeira parte de uma série de JOSMAN: OS BRINQUEDINHOS DO PAPAI
[-1-] [-2-] [-3-] [-4-] [-5-]

quarta-feira, 12 de abril de 2006

Bom Dia e Bom Serviço a todos

ORÁCULO
INFELIZMENTE EU NÃO GRAVEI O LUGAR DE ONDE EU TIREI ESTA IMAGEM PARA DAR OS DEVIDOS CRÉDITOS. JÁ FAZ ALGUM TEMPO, SÓ ME LEMBRO QUE FOI EM UM BLOG... SORRY!

domingo, 9 de abril de 2006

Eu me desenvolvo e evoluo com meu pai

Meu pai é um cara bem legal, em todos os sentidos. É advogado, tem uma coisa “pra-frentex” meio hippie, é inteligente e muuuito bem humorado. Sexta-feira, ele chegou já falando pra ligar o computador porque queria que eu visse algo que lhe haviam mostrado... Como você[s] sabe[m], os homens héteros a-do-ram fazer piadinhas entre si e sempre pegam um da turma pra Cristo, desta vez, o escolhido foi um dos associados do escritório: alguém enviou a este incauto um e-mail com uma música, no mínimo, constrangedora. Era uma paródia de I will survive que virou “Vai Wilson vai” e falava sobre o “desabrochar” de um rapaz [detalhe: meu pai se chama Wilson]. Claro que o homenageado com a música não gostou nada, mas pelo menos serviu pra eu descobrir um novo blog, com o sugestivo nome: FUNDO ESCURO DA LATA DE LIXO [+]. É ótimo! Além dessas musiquinhas de conteúdo duvidoso, tem imagens muito boas de campanhas publicitárias, links para traileres de X-Men 3, um vídeo [muito lindo!] de uma luta de robôs e muitas outras coisas, que eu não vi ainda porque só o conheci agora e nem tive tempo, mas recomendo. Indiretamente, eu entrei num blog só com fotos de campanhas publicitárias, o HOUTLUST [+], de onde se originaram muitas das imagens postadas no Lata de Lixo e que também é muito bom! Olha só uma das minhas imagens preferidas.
É só uma folha de caderno...
Do Greenpeace. Não é uma gracinha?

Aqui o que eu achei de mais relevante nesta semana:
no mundo

– a coisa tá ficando russa...
aberração é a cara dele!
– as múmias soropositivas
o Canadá, quintal de Bush, e suas asneiras
– como é que é?
tem que ser muito macho!
– fechou, mas só pra faxina...

no Brasil
– a máfia dos nuggets e a espoliação da Amazônia
Oscar Moore, a piranha do banheiro
– você[s] já o viu[ram] por aí?... eu já vi!
eu quero, eu quero!
– praqueles[as] que não são nem largos[as], nem profundos[as] [eu!]
mais deseínhos... com “aquilo” na cabeça e um pouco de tinta...
– só uma dica: é puro sarcasmo... [embora não seja mentira]


PRA FECHAR ESTE POST, EU ESCOLHI UMAS IMAGENS ESPECIAIS DE HOMENS DO JEITO QUE EU GOSTO: SARADOS E/OU GOSTOSOS E COM PEITO PELUDO. DO JULIUS, CLARO!

Posso entrar? Se morder, eu atiro! Huuum... apetitoso! Você gosta disso? O maior, ganha! Engole tudo!

quarta-feira, 5 de abril de 2006

Ruim com, pior sem...

Eu não sei se é só aqui na rede ou se o assunto já ganhou espaço na TV, mas com certeza, os jornais impressos publicaram notas a respeito do Autorama.
Mas afinal de contas, o que é o AUTORAMA?
De dia, nada mais é que um simples estacionamento junto ao Portão 3 do Parque do Ibirapuera e que atende a demanda por vagas de quem vai à Bienal, ou à Oca, ou de quem apenas tenciona fazer um romântico pequenique no parque, com direito a toalhinha xadrez.
Onde está Wallie? Parque do Ibirapuera

Já de noite... aí é que são elas... os carros já não estão simplesmente estacionados, mas sim zanzando, ou melhor, “desfilando”, mostrando o carão, um verdadeiro autorama em tamanho natural. Assim é um dos mais consagrados points gays de Sampa. Lá você pode conseguir uns flyers para todas as boates, encontra os amigos, come, bebe, dança [porque sempre tem alguém com o som no último] e, claro, transa, ora bolas! Junta um monte de viado e espera-se que não role sexo?
Aliás, sendo bem tendencioso, é só colocar um monte de homem junto que vai rolar alguma coisa, mais cedo ou mais tarde. Quer[m] exemplos? Exército. Muito óbvio? Cadeia, então. Ainda óbvio? Seminário. Continua na mesma? Então me diga[m] você[s] em que lugar do mundo se pode juntar um monte de homens e esperar dos mesmos que não batam nem uma punhetinha no banho?...
Enfim, eu conheci o Auto no final dos anos 1990 e sempre ouvi dizer que rolava sexo dentro do Ibira, mas pra mim, o “fervo” que rolava no Auto já era suficiente. Nossa, já fiz de tudo! Uh! Mas aí foi passando o tempo, foram ocorrendo reformas no local e sexo, no Autorama, se tornou praticamente impossível. Sexo ao ar livre, que fique claro, dentro dos carros cada um que se ajeite... Mas, eu ainda ouvia dizer que o bicho comia, mesmo, era lá dentro do Ibira. Um dia, insisti com uns amigos para que me mostrassem. Às vezes, tudo já começa com a troca de olhares na área do
bambuzal [+]. Se rolar alguma coisa, melhor, resolve ali mesmo e volta pro Auto, senão adentra-se o Parque. Realmente, o lugar é ideal! É meio longe do Auto, naquele dia havia chovido e estava tudo molhado, mas mesmo assim, tinha gente querendo rolar na relva. Andei, andei, tentando me familiarizar com o local, cego que sou com meus muitos graus de hipermetropia, um escuro tremendo, só se vê os vultos. De repente ouço meus amigos gritando meu nome, era quase meia-noite e o Parque iria fechar. Que pena, deveríamos ter chegado mais cedo!...
O caso, agora, é que toda essa história está ganhando cada vez mais notoriedade, ainda mais quando algumas lôkas se deixam ser pegas no
flagra [+] ou causam prejuízo aos bens públicos, quando arrancam os fios dos postes, pra transformar o Parque num darkroom. Claro, as autoridades competentes se viram obrigadas a fechar o Autorama entre 0h e 5h alegando tráfico de drogas, corrupção de menores, assaltos, etc e isso causou uma comoção quase nacional em defesa do reduto. Há até quem defenda o seu tombamento [+] como patrimônio da humanidade... Entretanto as mesmas autoridades voltaram atrás [+] na decisão e permitiram o “funcionamento” do Autorama normalmente. Mesmo assim, o assunto repercutiu em outros [+] sites, sempre enfatizando a defasada fiscalização aos “atos criminosos” e uma matéria [+] da Folha de S. Paulo foi o estopim que faltava, ou melhor, foi como jogar álcool pra apagar um incêndio... E foi comentada, ou pelo menos, divulgada em alguns blogs, entre eles, o meu querido Blog do Jean [+], além de outros que vim a conhecer através de uma busca rápida, por este assunto, na web: o blog
By Ale Lima [+], ótimo, inteligente, muito bem articulado e autoral, que sugere que limpemos o prato no qual “comemos” e o Bang Bang Brasil [+], cheio de fotos e links legais e com versões em outras línguas [morri de curiosidade sobre como se faz isso].
Enfim, nunca fui careta muito menos santo, mas sei que transar por aí, além de perigoso, é caso de polícia. Por isso, muito cuidado, meus queridos!
Como diz minha mãe: “quem tem cú, cuida!”

domingo, 2 de abril de 2006

O céu é o limite... Osze-1

EM PRIMEIRO LUGAR, QUERO OFERECER UMA SALVA DE PALMAS PARA O DESBRAVADOR DAS ESTRELAS, MARCOS PONTES, QUE CHEGOU EM SEGURANÇA NA ESTAÇÃO ESPACIAL INTERNACIONAL. OLHE[M] ESTAS FOTOS E ME DIGA[M] SE ELE NÃO É O MAIS ALEGRINHO DOS TRÊS? MUITO FOFO!
Brasil... aqui, ó! MARCOS PONTES
VEJA[M] TODAS AS INFORMAÇÕES DA MISSÃO ATUALIZADAS:
especial Terra
– especial UOL

Nossa Língua PortuguesaEm seguida quero dizer que estive na Estação da Luz [região central de São Paulo] e conheci o Museu da Língua Portuguesa. Simplesmente, não tenho palavras! É lindo! É um luxo! É um patrimônio público e é de graça! Ma-ra-vi-lho-so! Neste ponto, a atual Administração está de parabéns. Andei lendo matérias a respeito da revitalização do centro, desde os tempos da prefeita Marta Suplicy, mas agora, está tudo se integrando. Como o Governo e a Prefeitura são do mesmo partido, os projetos caminham juntos. Apesar do prefeito José Serra ter deixado o cargo pra se candidatar ao Governo do Estado eu espero que o vice mantenha o curso das obras.
Museu da Língua Portuguesa
– Projeto Nova Luz

Agora as notícias da semana:
este cara faz uma coisa que eu adoro
– pegou no tranco... agora foi!
governo das Bahamas proíbe Brokeback Mountain
– cena lésbica de Sharon é out para produtores
fazer o quê, né, meu bem?
– só pra quem pode bancar
é difícil crescer como gay na terra do Bono Vox
– vai pra Terra Santa, fofa!
na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença... será que dá?
– pelo menos assim o assunto não sai da mídia estadunidense


E PRA ME DESPEDIR, NESTE FIM DE POST, A PRIMEIRA PARTE DA SÉRIE CONTOS DE BUTTHOLE TOWN, DO OSZE.
[-1-] [-2-] [-3-] [-4-]
[-5-] [-6-] [-7-] [-8-]